Blog

Por dentro do Judaísmo - Quem disse que os judeus foram escravos no Egito?

Written by

Até hoje, o povo judeu lembra o Pessach, o dia de libertação, a saída dos hebreus, os eleitos de Jeovah que estavam subjugados na casa de servidão, o Egito. Em qualquer parte do mundo pós-moderno, não importa, onde quer que more um judeu, celebra-se a tradição de "lembrar", contar através de narrativas aos mais jovens do quão foi importante esta libertação. Na Hagadá de Pessach, obra literária conhecida entre os judeus, lê-se: "Mesmo que sejamos todos sábios, todos entendidos, todos conhecedores da Torá, ainda assim temos o dever de contar a respeito do êxodo do Egito. E todo aquele que mais se estender cotando a respeito do êxodo do Egito, elogiado será."

POR DENTRO DO JUDAÍSMO - QUEM FOI MOISÉS?

Moshé é um dos maiores líderes do Judaísmo, porém seu nome é de origem egípcia. Ao contrário do que ocorreu com outros príncipes e reis no Egito, Moisés teve apenas o último nome sem qualquer prefixo. Um caso diferente do dele, por exemplo, observa-se em Ramoshé ou Ramosé, traduzido como Ramsés. O Ra no nome de Ramsés seria uma homenagem ao deus Rá, então entende-se "o deus Rá nasceu". Da mesma forma com o rei Thutmoshé ou Thutmosé, que significa "o deus Tot nasceu". Na mitologia egípcia o deus Tot é aquele que aparece com cabeça de Íbis e sua função no além é escrever, registrar os atos da alma enquanto esteve na Terra. Eis o porquê dele sempre aparecer fazendo anotações enquanto o coração do morto é pesado na balança.

"Noite Feliz, Noite feliz..." - Para quem?

Written by

Não se sabe se foi de noite ou de dia que se deu o nascimento do Cristo da Fé. Tão pouco, se conhece o ano exato do nascimento do homem Yehoshú'a. Pesquisadores se baseiam no Evangelho de Mateus, 2,1, que narra a sua chegada, durante o Governo de Herodes. Assim, partem do pressuposto de que se Herodes morreu em 4 a.C., então ele, Yehoshú'a, teria nascido antes de Cristo, por volta de 7 e 5 a.C.

"Oh, Senhor, Deus do Amor..." - Amor sem Bondade?

Written by

A concepção de Deus incia-se no Homem a partir da relação que estabelece com o que lhe foge à razão. Os deuses representantes das forças ocultas e da natureza recebiam um olhar tenebroso e afugentava seus filhos no medo. Trovões, vulcões, ciclones, terremotos, maremotos precisavam ser acalmados, e nessa perspectiva eram os deuses quem recebiam as oferendas, numa tentativa de barganha, seja com sacrifícios humanos, com o de animais, ou ornamentando o altar com flores e fazendo ofertas de frutas e leguminosas.

"Pobrezinho nasceu em Belém," - O culto cristão à pobreza!

Written by

Há uma grande diferença entre ser pobre e ser miserável. A condição social, de natureza econômica, não tem implicações com caráter, com ética, muito menos com uma posição de salvação da alma na hora da morte. Para a Igreja, a disseminação do menino pobre, em miséria, acalenta a estrutura de poder, do acúmulo de terras através das doações da nobreza à Santa Sé.

Por que Belém? - Outros erros na Bíblia?

Written by

As narrativas encontradas nos evangelhos atribuídos a Mateus e a Lucas situam o nascimento de Jesus em Belém, na Judeia. Todavia, não são poucos os pesquisadores que tomaram por princípio que de fato, o nascimento dele teria ocorrido na Galileia, em Nazaré, ou em suas proximidades.

JÚLIO CÉSAR E OS “BÁRBAROS” DA BRETANHA

Todos aqueles povos que não possuíam o estilo de vida romano, eram, invariavelmente, denominados de bárbaros. Assim, germânicos, celtas, gauleses, judeus e outros foram definidos. Ter a cultura romana, ser um cidadão romano em qualquer parte do vasto Império, quer por direito de nascença ou adquirido durante a vida, representava o que hoje analogamente se diria de alguém que pertence a uma cultura de um país de primeiro mundo, ou seja, uma pessoa civilizada.

ANA BOLENA – BRUXA, ADÚLTERA OU TRAIDORA?

Written by

Era alta madrugada. O nevoeiro cercava as águas tranquilas e ao mesmo tempo correntes do rio Tâmisa. As primeiras claridades se anunciavam, mas para uma mulher não. Seria sempre escuridão. Ela, assim como outros traidores entrou pelo portão que recebera seus nomes, The Traitors’ Gate, O Portão dos Traidores.

HIPÁTIA - A mulher que ameaçou os cristãos!

 Na lista das atrocidades cometidas pelos cristãos, está o assassinato de Hipátia, uma das maiores almas que já pisou este planeta sombrio. Astrônoma, matemática, filósofa neoplatônica, e excelente oradora, além de uma bela mulher, a filha do cientista Teão nasceu no ano 370 d.C. e foi miseravelmente assassinada pelas mãos dos cristãos, em Alexandria, Egito, no ano 415 d.C.

OS EGÍPCIOS E O ALÉM-TÚMULO

Não é de hoje que as religiões professam a salvação, a condenação e o julgamento no mundo espiritual que aguarda os bons e maus, os justos e injustos.

Como disse o filósofo francês Bergson, "as religiões, na tentativa de acabarem com o egoísmo na Terra, estimularam o egoísmo no céu".

Isto se reflete no comportamento atual pelas neuroses obsessivas em torno da salvação e do que as pessoas são capazes de fazer por um lugarzinho no paraíso.

Página 1 de 2